terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Idéias rápidas

Tá meio em cima da hora, mas nunca é tarde pra bolar um presentinho, despretensioso de natal. Um lembrança para agrada uma pessoa que vc curte. 
Mas a grana ta curta?
Olha baratinho, baratinho, vc pode fazer esses mini panetones....
Ah! Não tem tempo, pra fazer a massa, esperar crescer, assar, pode dar certo ou não, né. É verdade eu tb não tenho tempo nem paciência (peço sempre a Deus, e ele me concede em doses homeopáticas...) então compra o mini panetone e só pra fazer uma graça e não ficar igual a todo mundo dando mole (ops, digo panetone) por ai, vc pode rechear e embrulhar numa embalagem diferente e ai vai da sua imaginação e boa vontade. 
O meu mini panetone eu compro na padaria Verdun no Grajaú, olha não deixa nada a dever aos panetones de marcas famosas, aliás vou além, já comi panetones de marca que não chegavam aos pés do da Verdun. 
Bem compro os mini panetones, custa em média R$ 1,50 (é isso mesmo, eu juro que é uma delícia), ai compro uma barra de chocolate meio amargo R$ 3,90 e creme de leite R$ 2,50. Pronto. Ai está algumas lembranças que fiz nesse natal. 
O creme de recheio é assim, derrete o chocolate, com ele derretido coloca o creme de leite (esse creme se chama Ganesh), eu faço sem medida, vou olhando e analisando, depois coloco esse creme num tubo daqueles de mostarda antigo (daqueles que tem amarelo e vermelho) e injeto o creme dentro dos panetones e passo um pouco por cima, assim tipo cobertura.
Fica assim: ( please, não desmaie ao ver tanto chocolate.) 





Abri esse para ver se tava ficando bem recheado por dentro (alguem tinha que fazer o sacrifício)  verifiquei que sim e segui para o passo embalar.

Ficou assim:


 
Ficaram todos bonitinhos, recheadinhos e gostosinhos... E sim, com essa receita fiz 7, então cada um custou R$ 2,40. Esses foram distribuídos para os funcionários da  Escola do Lucas, todos são ótimos com ele, e eu não poderia deixar de lembrar deles.

Ficou com água na boca, tem um aqui pra vc, é só vir buscar.


domingo, 18 de dezembro de 2011

Esmaltes e enfeites de Natal

Adoro enfeitar a casa para o natal, arrumar a árvore colocar presentes embaixo dela, dar uma volta e comprar um ou outro enfeite novo. Amo.
A blogagem coletiva da Fernanda Reali, dessa vez é sobre Natal, não posso deixar de participar, mesmo estando bem atrasada.
Coloquei neste post alguns enfeites para mostrar meu esmalte, que é o Nude da Colorama, adoro. 
Ele é rosa, mas o nome é nude...



 Esse trem eu adorei, comprei nas Lojas Americanas. Vivo mudando ele de lugar. Afinal, ele é um trem, né.



Esse bombom veio da latinha que foi o Lucas que fez, é um presente de Natal, para família, feito com material de reciclagem. 
Adorei a iniciativa da escola. Foi feito em conjunto em casa arrumamos a lata e encapamos com papel camurça, e na escola eles colaram os enfeites com a professora.








terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Ócio criativo

Domingo a tarde, depois de um almoço "leve" de picanha, farofa de ovo e batatas portuguesas, fartamente servido no Caravelas do Visconde em Botafogo, nada a fazer e eis baixa o espírito de MacGyver e a vontade de fazer algo com:
Embalagem de papelão que envolve o sorvete.

Pedacinhos de elástico chato.
Retalhos e muiiiiiiita super bonder.
E magia branca.
E então alguém tem uma idéia?
Nós tivemos.
Uma carteira mágica.
A Andréa, minha irmã, tinha visto a dita cuja numa loja de marca, por apenas R$80,00, ficou apaixonada, mas ainda não ta rasgando dinheiro, veio me sugerir fazer a carteira, e ela ficou assim:



Pesquisamos no Oráculo (google) e achamos os seguintes passo a passo, e fizemos uma mistura dos dois, que no fim usou muiiiiiito super bonder, mas ficou pronto em meia hora....
http://colaepapel.blogspot.com/2010/09/como-fazer-uma-carteira-magica.html
http://iamnotcool.posterous.com/como-fazer-sua-carteira-magica-video









domingo, 4 de dezembro de 2011

Melancolia


O que vc faria, como reagiria, se soubesse do fim eminente do nosso mundo? Como seria esperar esse dia interminável chegar? 
Melancolia, filme do diretor Dinamarquês Lars Von Trier, trata justamente desse tema. Mas tem uma visão diferenciada do filme catástrofe tradicional americano, a catástrofe existe, porém ele não quer mostrar como o mundo vai reagir, ele mostra a reação somente de um grupo de pessoas, uma família, onde cada personagem, vai passar por isso, com sua bagagem, seu sofrimento, felicidade, certezas e incertezas. 
Um filme diferente, mas para quem gosta de cinema, imperdível. Adorei demais. 
Depois do filme li uma critica muito legal do filme neste blog http://www.cinemaqui.com.br/criticas-de-filmes/melancolia
Faço sempre isso, vejo um filme sempre sem ler a sinopse e depois gosto de ler as criticas, ver o que as pessoas acharam. E principalmente ler como tem pessoas que conseguem transformar em palavras tudo que é visto e sentido em um filme. 
Enquanto eu, fico no gostei e não gostei.... 

domingo, 27 de novembro de 2011

Memórias e esmaltes


Blogagem coletiva muito legal, que pode despertar saudades boas, momentos realmente inesquecíveis e que graças as fotos podemos sempre reviver.

Quem já viveu esse momento sabe perfeitamente, que ele é simplesmente impossível de se esquecer, nada supera esse momento. E ainda bem que pode ser registrado. 


O primeiro banho. Muito choro e muito cuidado. 

Bem, a primeira coca cola, ninguém esquece... É claro, o pai é viciado em coca cola....



E obvio carinho todos gostam né. Então porque não imortalizar um momento desses, para depois ficarmos apreciando?

O esmalte, é o Ouro Nude da Riqué, ele é ótimo de passar e tem uns brilhinhos bem discretos. 
Gostou? Tem boas memórias para dividir e um esmalte bonito, passa lá no blog da Fernanda Reali /http://www.fernandareali.com/ e participa tb.

PS: Agora, resolvi usar esse post para participar do mosaico da Rê, memórias. 
Participem tb. 



quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Pizza de muçarela ou mussarela

Verdade verdadeira, vou esclarecer agora. 
Sei que muitos ficarão chocados, mas, lá vai.
Pô gente é muçarela com ç.
É. Concordo é chocante e fere nossa visão já tão acostumada a ler mussarela com  "ss". 
Até o corretor ortográfico não reconhece a palavra com ç, mas reconhece com ss, mas olha existe uma explicação, uma regra.
As palavras que vem o italiano e que são com dois zz são no português com ç, vou exemplificar.
Piazza - praça
Razza- raça
Na realidade, mussarela com essa grafia, não aparece em nenhum dicionário, Michaels, Aurelio,  Houaiss. 
Ou seja, ela não existe, foi um erro que alguém cometeu no passado, e que se propagou. 
Sad but true...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Travesseiro de Princesa


Adivinhem de quem é esse travesseiro de princesa que eu fiz. Ta fofo, adorei esse tecido, elas também adoraram e aprovaram, quer ver?



Ela é muito fofinha e safadinha, mas não posso negar que morro de amor pela minha velhinha, olha que linda.




Não se enganem com essa cara de velhinha bem comportada, ela continua terrível, mimada e arteira. Me dá trabalho, mas adoro. Muito dengo, maçã, ração, água fresca e água de coco. Recita infalível para uma velhice canina feliz.

Essa postagem ta participando da blogagem coletiva no blog da Rejane, e é em comemoração ao niver dela.
Então, parabéns Rejane, vc é o máximo, sua boa vontade não tem limites. Que vc receba em dobro tudo que tem dado pra gente. 
Bjs.



 



segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Linguiça assada com batatas

Sabe aquela preguiça básica que bate, de vez em quando ou de quando e sempre... rs, rs, rs. O fato é que as vezes não queremos fazer comida, não queremos sair de casa e não queremos gastar dinheiro, fácil né?
Difícil  é saber o que queremos, em dias assim existem algumas receitas que dão uma ajuda legal.
Tem aquele macarrão na panela de pressão http://barteamigas.blogspot.com/2010/12/o-macarrao-nosso-de-cada-dia.html, serve muito bem para esse papel.
Acontece, que havia umas lingüiças no congelador e ai resolvi procurar no oráculo algumas receitas de lingüiças assadas no forno e cheguei nesse blog cheio de receitas legais, o blog é esse:http://queila-cozinhaecia.blogspot.com/.
A receita é a seguinte:
Lingüiças de churrasco
Batatas cortadas
Cebola cortada em pétalas
Pimentões da cor que vc tiver
Alho, azeite, sal,  pimenta do reino e cheiro verde.
O resto é o mais simples possível, corte as lingüiças ao meio e misture todos os ingredientes numa assadeira, cubra com papel alumínio e leve ao forno médio por 30 min., após os 30 min. veja se a batata está cozida, se estiver retire o papel alumínio e volte ao forno para corar tudo.
Enquanto a comida se faz praticamente sozinha, assista um episódio da sua série favorita ou leia um bom livro.
Servi com arroz branco e ficou uma delícia.

Aqui antes de ir ao forno:


Agora depois de assada e pra ser bem honesta, até já tinha feito uns pratinhos...

Nota mental: comprar uma assadeira grande ante aderente, porque lavar isso depois ninguém merece!
Esse post está participando do mosaico do blog da Re, Casa Corpo e Cia, E é número 234. A gente se vê lá.
 


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Organizadores de bolsas

Eu não estava só lendo não, viu. Fiz vários organizadores de bolsa. Adoro o colorido de tudo junto. Vejam só.




Foi muito legal fazer, adorei.

Já passou lá no blog da Rê? Não? Então passa lá.


 

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

The Closer


Alguem acompanha essa série?

A série é estrelada por Kyra Sedgwick, em seu primeiro papel principal na televisão, como Brenda Leigh Johnson, uma detetive treinada pela CIA que troca Atlanta por Los Angeles para comandar a Divisão de Homicídios Prioritários, uma equipe especial da polícia que cuida de importantes casos de homicídio.
Sua personalidade cheia de manias e suas atitudes rígidas em seu novo trabalho logo chamam a atenção de seus novos colegas, além do fato dela ser a única mulher num departamento dominado por homens. Mas Brenda tem um grande talento para descobrir os segredos das pessoas e obter confissões, dom que ela conquistou após entender suas próprias imperfeições e neuroses.
Adoro e acompanho e agora chegou num grande momento (talvez final!) mas existe um traidor entre eles cada um tem sua suspeita.
Capitã Raydor, Chefe Pope, Sargento Gabriel, Comandante Taylor. E ai alguém acompanha? Tem algum palpite.
É uma série super divertida, apesar de tratar-se de uma série de drama-policial, a personagem principal Brenda Leigh Johnson (Kyra Sedwick) é uma figurassa sem igual, cheia de manias. Engraçada demais.
Eu recomendo que acompanhem, eu baixo direto do site: www.seriesfree.biz , baixo em rmvb e vejo diretamente no computador.
Agora vou começar a acompanhar The Good Wife, dizem que é ótima.
Abraços.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Lasher


Antes de tudo deixa eu explicar que sou mais leitora que escritora, ou seja, adoro ler, mas um pouco preguiçosa para escrever, principalmente porque quero explicar tudo bem explicadinho, e o texto não fica nada "inho" fica enorme, mas não posso deixar de falar desse livro.
Anne Rice escreveu e faz parte de uma tetralogia (ou quadrilogia) composta de A hora das bruxas 1 e 2, Lasher e Taltos.
A hora das bruxas são excelentes livros adorei os dois, intrigante, envolvente e até surpreendente.
Mas Lasher é para poucos, muito suspense, lendas esquecidas e revividas, relacionamentos bizarros, consangüíneos e doentios. Anne Rice faz questão de descrever cada pensamento perturbador ou não dos personagens ( e eles são super perturbados) e talvez isso faça com que o livro seja para poucos, pois fica um pouco cansativo e acaba sendo uma leitura demorada. Eu que tenho por habito ler um livro em 1 ou 2 dias, quando muito uma semana, demorei quase 1 mês para ler. Mas, é imperdível, ela é uma escritora e tanto e é praticamente impossível você simplesmente parar de ler, o tempo todo ela te envolve e te deixa curiosa tentando imaginar qual será o desfecho daquela loucura toda, o que ela fará com toda a informação que ela te passou.
Bem a sinopse é a seguinte:
Em 'Lasher', Anne Rice conta mais uma trajetória de várias gerações de bruxas de Nova Orleans - a incestuosíssima família Mayfair, milionária e moderna, porém marcada pelo demônio que percorre a sua linhagem através dos séculos. Lasher, publicado em 1993 nos Estados Unidos, é na verdade a continuação de A hora das bruxas, escrito em 1990. A hora das bruxas termina quando a supercirurgiã Rowan Mayfair e seu marido Michael Curry dão vida à entidade no tapete de sua sala. Ao nascer, Lasher se levanta e vai ao encontro de sua mãe, seqüestrando-a e levando-a para longe, com a idéia fixa de se reproduzir e repovoar a terra com sua espécie. A fecundação é imediata, mas a reprodução impossível, a menos que o demônio encontre alguém com a conjunção ideal de homem e mulher. A história começa neste ponto de tormento. Rowan tentando se libertar da tirania do filho, enquanto dá à luz a Emaleth, irmã e mulher de Lasher. 
Livre-se de preconceitos e leia algo diferente. 






sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Resumão Harry Potter

O que? Vc não leu Harry Potter? Como assim, vc não assistiu aos filmes? 
Olha vou te dar uma ajuda, vc pelo menos vai se divertir, e se vc tiver lido/assistido será bem mais divertido, eu garanto. 
PS.: O Blogger continua estranho, para aparecer mais de uma postagem tenho que colocar esse "Mais informações", que na verdade significa " Veja as fotos", então até ele voltar ao normal (se é que um dia vai voltar) por favor cliquem  em mais informações e vamos nos divertir.



Esse eu achei no site desta moça Lucy Knisley.
Tem os outros mais vou postando separado, pois tudo junto o Blogger não vai deixar mesmo.


Bruxa motorizada

Sempre pensei em comprar uma vassoura elétrica. Porque aqui em casa tem muito pelo e é um saco ficar varrendo, e pelo voando. Você varre pra um lado e o pelo voa para o outro, quando consigo juntar os pelos, umas das duas safadinhas vem assim como quem não quer nada cheirar e esparramar tudo. Ou então, monta o aspirador de pó, arrasta o aspirador de pó, desmonta e guarda aspirador de pó.
Sabe, colocando em palavras parece pior do que é, mas a gente não faz só isso, né...
Voltando a vassoura, resolvi comprar, ela custava, R$199,00, é também achei bem caro, fique pesquisando, consultando pessoas que tinham, e todos diziam que era uma mão na roda. Inclusive o que me fez decidir foi um post do blog da Sra. N vocês conhecem? Não? Então o link para o blog dela é esse http://resolvidoadois.blogspot.com/2011/09/facilitando-limpeza-vassoura-eletrica.html
Achei uma da mesma marca daquela vendida na tv por R$53,00 a diferença de preço se dá porque a mais barata não dobra o cabo para passar debaixo dos móveis.
Obvio que fui na opção mais barata e sinceramente não me arrependi. Tira os pelos e a poeira direitinho sem muito trabalho, depois é só retirar a bandeja e jogar tudo fora. 
Vale muito a pena, tem a vantagem também de que neste halloween vou de bruxa motorizada... 
A minha é desse modelo.
E vcs vão de vassoura normal mesmo?

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Tributo Legião Urbana Rock in Rio


Tem alguma coisa errada com o blogger. Atualmente só está aparecendo um postagem, então paciência, pois estou tentando muito resolver este problema.
Olhem nos arquivos do blog, logo ali ao lado, para ver se perderam alguma coisa, ok?

Somente hj, pude assistir esse show. Foi muito legal, adorei mesmo.
Mas o melhor foi o comentário (sempre espirituoso) do Lucas.
Estavamos assistindo e em determinado momento entra o Dinho para cantar, com aquele jeito dele, os palavrões e as gírias, um sorrisão no rosto...
Me vira o Lucas muito sério e declara:
"Mãe, ele não bebe com moderação, né?"
Caraca, ri demais... valeu a noite. 

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Olha que legal

Gente olha que ilustração legal.
Na hora que vi quis mostrar pra vcs. 
Vcs já leram?
A dona da ilustração linda de viver é  a Beatriz Carvalho e o blog dela é http://beatrizfcarvalho.blogspot.com/



quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tudo aquilo que nunca foi dito

Gente pega a capa desse livro, mas esse título super diferente e sujestivo. Fala a verdade não parece ser ótimo. Fala a verdade, não dá vontade de ler?
Então, alguém tem?
Já leu? É legal? To na busca, me conta ai...

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Organizador de bolsa

Fiz esse organizador de bolsa amarelo, eu tenho maior implicância  com amarelo, mas adorei esse tecido.
Sobrou um restinho dele depois que fiz a caixa para botar sapatos ai fiz esse organizador.


 Cabe bastante coisa.
 Até o creminho e álcool gel.
 Coloquei um mosquetão para prender a chave.
Aqui ele já enroladinho, pronto pra ir pra uma bolsa, mas não é a minha.










Gostaram?  Eu adorei o amarelo, vai entender, né?

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Pano de copa

Eu estava de bobeira num final de semana desses, e tinha uns retalhos de tecido com estampa para cozinha e uns panos de copa dando sopa. 
Fiz esses pegadores de panela e os panos combinando.
Adorei, e vou fazer mais e assim que der posto um pap.




Ando apaixonada pela minha maquina de costura.


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Onde guardar os sapatos

Comecei a muito tempo atrás a procurar uma maneira legal de guardar meu sapatos, queria me desfazer da sapateira e diminuir o número de móveis no meu quarto, então comecei uma pesquisa no oráculo (google) e escolhi que guardaria os mesmos em saquinhos de TNT em caixas.
Mas todos sabem que não sou muito de comprar coisas prontas, gosto de fazer. Podia comprar os saquinhos e pronto, não, tinha que ser feito por mim; podia comprar as caixas e pronto, mas pra que né, se existe tanta caixa de papelão pra gente reciclar. 
Então eu fiz assim, toda vez que ia ao mercado olhava as caixas que tinha disponível até escolher a que se adequaria melhor ao meu mini projeto.
A escolhida foi essa:


Então marquei o meio da caixa cortei com uma faca mesmo, assim:

 Não, eu não sou canhota, mas corto ao contrario, nem Freud explica. Ta vendo essa seta verde?
Sempre que tem alguém trabalhando ela ta fuxicando...



Dei uma reforçada no interior da caixa só por precaução.
Feito essa parte, tem que escolher um tecido legal, de preferência barato, pra combinar com o projeto, ai um dia fui no varejão das fábricas, onde minha amiga diz que nunca acha nenhum tecido legal, e achei um tecido que me agradou, por um preço mais agradável ainda. 
Óbvio que não era um tecido importado ou nada parecido.
O escolhido foi esse de flores coloridas.


 Ai, foi só medir a caixa e cortar o tecido na medida e depois colar o tecido na caixa de papelão com cola branca diluída em um tiquinho de água.
Para que as borda ficassem bem coladas coloquei esses pregadores enquanto secava.


Depois de pronto ficou assim:

Aqui ela já dentro de meu armário. 
Algumas observações, cada caixa coube 4 pares de sapato, dentro dessa prateleira do armário cabem duas caixas, pois meu armário além  de grande é fundo. Claro que não coube todos os sapatos e alguns que uso menos ficaram em suas caixinhas em outra prateleira. 
Mas meu objetivo foi alcançado e a sapateira já se foi, está em outra casa guardando outros sapatos. 
Os saquinhos são super fáceis de fazer mas se vcs quiserem ensino aqui em outro post. 
Atualização: 
Esse post está participando do blog da Rê... 

Bjs. 
Vejo vcs lá.






sábado, 24 de setembro de 2011

Não é bem um Atelier

Sabe a historia é longa mas vou encurtar, eu tinha um quarto, todo cor de uva se querendo, que era meu home office, meu atelier, meu tudo! Prateleiras cheias de livros essas coisas, tem até neste post  http://barteamigas.blogspot.com/2011/06/blogagem-coletiva.html#uds-search-results uma foto das prateleiras. 
Mas, minha irmã veio passar uma temporada aqui em casa, e afim de ela ter um pouco privacidade (onde se lê privacidade, pensa-se um pouco de sossego longe do sobrinho que a ama de paixão.) transformamos ele, o meu tudo, num pequeno quarto, bem pequeno mesmo. 
Ai, meu tudo, mudou de lugar e tamanho, e se transformou numa bancada no meu quarto. Claro que vale a pena, pois minha irmã é uma pessoa dez. E apesar de termos uma pequena, cof, cof, cof, diferença de idade de 16 anos, e sermos filhas de mães diferentes, compartilhamos somente o mesmo pai, nos damos super bem. 
Eu, o Chacal (meu namorido), o Lucas e ela somos uma família feliz. 

Então agora, a bancada hora é home offiice, hora é atelier, mas continuo fazendo artesanatos, paninhos e necessaries sem problemas.

Veja alguns paninhos bonitinhos:


 Bem é isso. Não se esqueçam de mostar seu cantinho no blog da Rê, é rápido e fácil.






http://casacorpoecia.blogspot.com/

Blogagem coletiva esmalte e primavera

Primavera é a estação mais gostosa do ano, pelo menos aqui no Rio, é quente, mas ainda não é o inferno do verão e toda paisagem fica florida, os passeios ganham novas cores. 
E os poetas e poetisas se inspiram:
"Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira."
Cecília Meireles
Agora, o esmalte é o Desfecho da Colorama, gostei muito, foi fácil passar, fácil limpar. A cor parece um cinza, mas na claridade da pra ver que tem um que de roxo. 
Bom quem ainda não participou, participe desta brincadeira da blogagem coletiva da Fernanda Reali  lá no blog dela http://www.fernandareali.com/
tem tudo explicadinho de como participar, vai lá, mostra as suas unhas.


sábado, 27 de agosto de 2011

Blogagem coletiva - Esmaltes e Perfumes


Bem, eu gosto de perfume, só a minha alergia que não gosta.
Particularmente, não gosto dos muito doces, mas alguns me agradam, é o caso do Anais Anais, é uma clássico, e não está nem um pouco na moda, eu sei, mas eu gosto e não ataca muito a minha alergia.
Tenho usado mais colônias da Natura até pq acredito que a maioria dos perfumes importados não foram feitos para ser usado no nosso país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza.
O esmalte da vez é o Nude da colorama, que mais parece um rosa, mas foi super fácil de passar e duas mãos dele foram suficiente pra ficar legal.
Então passem lá no blog da Fernanda e posta o seu perfume, colônia e vamos ver...mande sua foto.
http://www.fernandareali.com/

Os homens que não amavam as mulheres


A um tempo atras quando ganhei meu negocinho, não sabe o que é?
Meu negocinho, apelido carinhoso para o meu Ebook Reader, logo de cara escolhi dois livros que eu queria muito ler.
Um era o Labirinto da Kate Mosse já falei sobre ele aqui http://barteamigas.blogspot.com/2010/11/labirinto.html.
O outro era esse ai do título, minha Tia Leia muito mais leitora do que eu, havia lido e me recomendou.
Eu rapidamente, baixei e coloquei no negocinho, mas demorei muito pra ler pq simplismente ele demora um pouco para engrenar, por isso li muitos livros nesse meio tempo, mas não acabava esse.
Semana passada no trabalho, houve um pane na rede e ficamos sem ter como fazer nada (hj tudo depende da informática) e ai eu peguei ele de jeito e ...
É muito bom esse livro, quem gosta de suspense, vai adorar. Muito bem escrito a história super legal.
Vamos lá, o nome é Os homens que não amavam as mulheres, o autor é o escritor sueco Steig Larsson.
Maravilhoso.
A sinopse do wikipédia:
Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas - passa-se na vizinhança de Hedestad, Suécia. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou.
Honestamente é bem mais que isso, mas é bem melhor descobrir lendo.
Olha a capa:
.

Bjs.